Campanha arrecada fundos para construção

A comunidade São João Paulo II, do bairro Praeirinho, em Cuiabá, está fazendo uma campanha para arrecadar fundos objetivando a conclusão da obra já iniciada da sua sede. Estão sento construídos a capela e um centro catequético. Já foram investidos na construção pouco mais de R$ 200 mil e estima-se que ainda serão necessários outros R$ 300 mil. Por isso, a comunidade, que é muito carente, faz um apelo a todos que possam colaborar. Apesar das doações de material serem muito bem vindas, no momento o que se precisa é de dinheiro mesmo, até porque existe uma dívida de quase R$ 50 mil com a construtora que precisa ser paga.

Não importa a quantia, a união é que faz a força sempre. Então, todos que puderem e quiserem colaborar, podem fazer uma depósito diretamente na conta da Paróquia Nossa Senhora da Guia, à qual pertence a comunidade São João Paulo II. Toda ajuda será bem vinda.

A conta é no banco Bradesco (agência 1461, conta corrente 46459-7, CNPJ 03.005.139/0013-50)

A comunidade São João Paulo II, implantada há uns seis anos, funcionava em um galpão. No ano passado, pessoas solidárias à causa se juntaram e fizeram um costelão no Centro de Eventos do Pantanal para arrecadar fundos. Conseguiram R$ 140 mil. Juntando-se a isso o Fundo de Solidariedade Paroquial investiu R$ 25 mil e ainda existe o débito de R$ 49,200 mil junto à construtora.

A estrutura de concreto está toda levantada. Segundo o coordenador da obra, Geraldo Reis, a intenção é que se consiga erguer as paredes e pelo menos deixar a capela e as salas de catequese em condições de uso até o final deste ano, mesmo que nem todo o acabamento esteja pronto. Ainda há muito trabalho a se fazer, mas a equipe está super empenhada nesse propósito. Por isso, a campanha de arrecadação de fundos. Vamos todos nos unir e ajudar a comunidade São João Paulo II. 

Veja o antes e o agora da capela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.